domingo, 30 de novembro de 2014

Outside...

Em meio a tantas coisas que estive a pensar, viver... me pergunto mais uma vez: Porque ainda vivo nesse mundo que não é meu? As pessoas veem e vão como em um parque de diversões, se escondem atrás de muros e árvores, se arrastam para continuar impressionando as demais, enlouquecem quem vivo ao redor e se dizem felizes. Onde está a humildade nesses corações?


terça-feira, 11 de novembro de 2014

I Know You Care.

“Encontrar alguém que você ame e que o ama é um sentimento maravilhoso. Mas encontrar a verdadeira alma gêmea é um sentimento ainda melhor. A alma gêmea é alguém que o entende como ninguém mais, o ama como ninguém mais, estará com você para sempre, não importa o que aconteça. Dizem que nada dura eternamente, mas creio firmemente que, para alguns, o amor continua mesmo depois de termos partido."

A vida é tão incrível que ela te pega de surpresa e te deixa sem palavras a cada novo acontecimento.
Ela é perfeita naquilo que deve ser, linda em sua plenitude e triste na sua essência.
Ela pode ser maravilhosa em um dia e cinza no outro, é como acordar em um belo dia de sol e ir dormir com a chuva caindo no telhado.
Assim são as pessoas, assim é o amor. Você tenta esconde-lo, apagar, desistir, mas o sentimento não desiste de você. E você pode se transportar para outro mundo, e mesmo assim ele vai estar no seu coração pulsando querendo gritar o quanto ele é bonito e precisa viver.
E você pode jurar nunca mais amar de novo, nunca mais lembrar de nada... então vem a natureza e te joga na cara as lembranças, como um vento soprando no seu rosto, sussurrando em seu ouvido todas aquelas palavras, aquelas poesias... E você olha ao seu redor e não enxerga ninguém, só a imagem do ser amado, como uma miragem no deserto... te chamando: Vem!
Como explicar para o coração que não tem espaço para ele? Como resistir aquele olhar?
Nem mesmo o tempo, nem mesmo a vida, vai tirar de você aquele sopro que ainda resta que te impulsiona a acreditar, a continuar, a viver...  Ah, o amor!
Se mate ou deixe-o viver.